Sala de Imprensa
18/05/2014
Tiva perde mas faz bonito contra a Seleção
Arena Unimed Sicoob é reinaugurada com grande espetáculo e bom público

Henrique Montovanelli

Assessoria de Imprensa - Desportiva Ferroviária 

 

Dois times, duas realidades muito distintas. Mesmo perdendo por 2 a 1 na reinauguração da Arena Unimed Sicoob, neste domingo, a Desportiva Ferroviária não decepcionou a sua torcida no amistoso contra a Seleção Brasileira Sub-21, com boa atuação e gol do estreante Fabricio Pajé, cria das categorias de base do clube.

 

Os cerca de 3 mil torcedores presentes assistiram a um bom jogo. De um lado, jovens talentos do futebol brasileiro, como o zagueiro Dória (Botafogo), o volante Rodrigo Caio (São Paulo) e o atacante Thalles (Vasco), do outro, uma Desportiva aguerrida, disposta a superar a fraca campanha no Campeonato Capixaba.

 

A seleção canarinho, que se prepara para o Torneio de Toulon, dominou as ações no primeiro tempo e com mais posse de bola tentava encontrar espaços na marcação grená. Apostando nos contra-ataques, a Desportiva chegou com perigo logo aos cinco minutos, com Badinho, e teve as melhores chances aos 19 minutos. o atacante Vitinho cabeceou e a bola desviou no braço do lateral Gilberto, em cima da linha. Na sequência da jogada, também de cabeça, o zagueiro David acertou o travessão. Depois disso, o goleiro Felipe foi obrigado a se destacar, defendendo chute do atacante Leandro. A seleção cresceu no jogo e chegou com muito perigo com Wendell e Alisson, mas a rede só foi balançar no segundo tempo.

 

Desportiva Brasil

 

Logo aos dois minutos, o árbitro Felipe Varejão (CBF) assinalou pênalti polêmico, cobrado por Luan, que não desperdiçou. O atacante do Grêmio também marcou o segundo do Brasil, aos 11 minutos, depois de receber o passe de Lucas Piazon, invadir a área, e chutar no canto esquerdo de Felipe. A Tiva respondeu com o chute de fora da área do meia Jefersom Berger e com o voleio do atacante Vitinho. No lance acrobático, a bola passou muito perto da trave.

 

Com grande atuação, o camisa 1 salvou a Tiva em dois lances, de Lucas Piazon e Auro, e saiu ovacionado pela torcida grená para a entrada de Victor Holz. Além do jovem goleiro, o técnico Rodrigo Calisto colocou em campo outros jovens da base, visando dar experiência aos garotos. Deyvid, Victor Hugo, Waldir, Gabriel Vargas, Fabricio Pajé e Ramon entraram com muita disposição e mudaram a cara do jogo. A boa atuação da Desportiva, com o incentivo da torcida grená, foi coroada aos 43 minutos do segundo tempo. Waldir avançou pela esquerda e cruzou para Ramon, o goleiro Jacsson subiu mais alto que o atacante, mas a bola sobrou para o meia Fabricio Pajé concluir para o gol.

 Pajé Desportiva Brasil

“Calisto me pediu para entrar e dar a vida. Contra a seleção todo mundo quer jogar, e ainda mais fazer um gol. A sensação é impressionante. Também é muito bom jogar em um gramado desse. Só tenho a agradecer também a torcida que compareceu”, disse o jovem atacante, de apenas 18 anos, que fez sua primeira partida no profissional.

 

O técnico interino Rodrigo Calisto gostou da atuação da equipe e reafirmou a confiança nos garotos. “Entramos com a proposta de marcar forte, encurtar os espaços e sair nos contra-ataques, porque a seleção tem jogadores de muita qualidade, que são titulares em grandes times. Fomos bem e tivemos algumas oportunidades”, analisa. “Minha intenção era mesclar o time titular com mais jogadores da base, só que eles jogaram ontem na semifinal do estadual. Mas quem entrou soube aproveitar a oportunidade. Assim como o Pajé, muitos deles tem qualidade e potencial para já estarem no time profissional”, conclui.

 

DESPORTIVA FERROVIÁRIA 1 X 2 BRASIL SUB-21 

Desportiva: Felipe Guedes (Victor Holz); David (Renatinho), Diego Martins, Renan e Ayrton; Thiago (Deyvid), Mayko Jhordan (Victor Hugo), Tatá (Waldir) e Jefersom Berger (Pajé); Badinho (Vargas) e Vitinho (Ramon). Técnico: Rodrigo Calisto

Brasil Sub-21: Marcos Felipe (Jacsson); Gilberto (Auro), Wallace (Paulo Ricardo), Dória (Jubal) e Wendell (Douglas Santos); Rodrigo Caio (Alison), Lucas Silva (Lucas Evangelista) e Ademílson (Jean Deretti); Alisson (Luan), Leandro (Mosquito) e Thalles (Lucas Piazon). Técnico: Alexandre Gallo

Gols: Luan (BRA) aos 02min e 11min e Pajé (DES) aos 40min do 2º tempo

Árbitro: Felipe Varejão (CBF). Assistentes: Katiúscia Mayer Berger (Fifa) e Fabiano Ramires (CBF).

Data: 18 de maio (domingo). Horário: 10h. Local: Arena Unimed Sicoob (Cariacica, ES) 

Público presente: 3.097. Público pagante: 2.581.

Renda: R$ 29.840,00

 

Fotos: Henrique Montovanelli/Desportiva 





Veja mais:

23/02/16 - Tiago Feydit é o novo supervisor da Desportiva
16/05/16 - Desportiva se reapresenta para a Série D e Copa ES
17/12/14 - Desportiva goleia Atlântico em amistoso do Sub-20
17/04/16 - Baile grená
05/06/15 - Clássico decisivo no Capixabão Sub-20
18/02/14 - Locomotiva embarca confiante para Cuiabá
01/02/14 - Com mais opções, Eleomar tem dúvidas para escalar a Tiva
02/03/16 - Thiago volta com gol e Tiva empata com o Atlético
14/01/15 - Felipe é operado com sucesso
24/07/16 - Desportiva estreia com vitória na Copa ES

    veja lista completa

Campeonato Capixaba 2018
1Desportiva Ferroviaria 14 9 3
2Rio Branco F.C. 3 1 1
3Vitória Futebol Clube 1 1 0
4Serra Futebol Clube 1 1 0
VFC
1 x 1
DES
DES
1 x 1
SFC